Release

Jovem músico leva história do violão erudito a escolas da região

A trajetória do instrumento e características dos compositores e períodos como renascimento, barroco, clássico e romântico mostradas de forma alegre e moderna, no intervalo das aulas da rede pública e privada

 

Nada de palavras complicadas e relatos que beiram a chatice. Nem sinal de músicas tocadas de modo a fazer a platéia dormir. O violonista Estevão Devides sai a campo para levar às escolas um jeito novo, dinâmico e interessante de conhecer a história da música erudita, seus grandes compositores e célebres períodos como o renascimento, o barroco, o clássico, romântico e o moderno.

As apresentações nas escolas são abertas aos pais e comunidade. Ninguém paga nada para assistir a verdadeiros concertos interativos e adaptados ao perfil de um público que só não consome mais música erudita porque não tem oportunidade. Mas que aplaude bastante os espetáculos.

Estevão é jauense, tem 35 anos e estuda violão clássico desde os primeiros anos de vida. Depois de longos períodos de aprimoramento, inclusive no Conservatório Musical Dr. Carlos de Campos, em Tatuí/SP, com os Professores Ricardo Grion, Angela Muner e Edson Lopes, o músico coleciona aplaudidíssimas apresentações em dezenas de espaços consagrados tais como a rua do Choro, Bar Brahma e Escola de Música de Brasília, onde aprimorou-se com os mestres Eduardo Meirinhos e Fernando de la Rua. Apresentou-se ainda em várias cidades do Estado, em eventos corporativos em Campos do Jordão/SP, Araras/SP, Sesc/SP e em teatros municipais.

Em 2007 gravou, com apoio da Secretaria Municipal de Cultura de Jaú, o CD Vários Estilos, no qual interpreta de forma emocionante clássicos dos mestres Noel Rosa, Ernesto Nazareth, Valdir Azevedo, Antonio Lauro e Heitor Villa-Lobos.

Já participou de Encontros Internacionais de Violão e o Festival Leo Brouwer (USP/SP), no Brasil. Realizou master-class com violonistas consagrados como: Berta Rojas (Paraguay); Jorge Caballero (Peru), Gustavo Costa (Brasil) e Duo Assad (Brasil). 

Estevão é formado em Violão Erudito pelo Conservatório Dramático e Musical “Dr. Carlos de Campos” de Tatuí/SP e graduado em Licenciatura em Música pela Unimes de Santos/SP.

O trabalho de aproximar a garotada das escolas da música erudita está sendo executado através do projeto Intervalão, que já obteve o apoio do Ministério da Cultura, através da Lei Rouanet e com patrocínio da rede Jaú Serve de Supermercados, também através do Governo do Estado de São Paulo (ProAc/ICMS), com o apoio de Mina Cultural, Supermercados Jauserve, Conservatório de Tatuí e com o patrocínio da Fundação Nestlé em 2010/2011 e  na edição de 2012 o projeto recebeu incentivos fiscais das empresas Nigro, Lupo e Jauserve Supermercados, através do ProAc/ICMS do Estado de São Paulo com a produção da agência Medianeiro.

O projeto Intervalão tem como objetivo oferecer a oportunidade de um contato maior com o universo da música erudita, da história dos compositores e do surgimento do violão erudito, bem como a apresentação do instrumento e a execução de peças do repertório violonístico.

Na 1° Edição em 2008/2009, foram realizadas 121 apresentações de violão erudito, com o patrocínio do Supermercados Jauserve e apoio da Lei de Incentivo à Cultura do ministério da Cultura (Lei Rouanet), atingindo um público de 20.000 alunos da rede pública.

Na 2° Edição em 2010/2011, através do Programa de Ação Cultural de São Paulo, foram realizadas 167 apresentações de violão erudito com o patrocínio da Nestlé e do Supermercados Jauserve, atingindo um público de 42.000 alunos da rede pública e particular de ensino.

O projeto que é realizado no interior do estado de São Paulo, já passou por várias cidades como:  Araraquara, Barra Bonita, Botucatu, Cordeirópolis, Descalvado, Jaú, Leme, Lençóis Paulista, Marília, Piracicaba, Pirassununga, Ribeirão Preto, São Carlos e São José do Rio Pardo.

Na 3° Edição em 2012 foram realizadas 202 apresentações de violão erudito com o Patrocínio das Empresas Lupo, Nigro e Supermercados Jauserve, através do Programa de Ação Cultural do Estado de São Paulo, atingindo 30.000 alunos em 14 cidades: Araraquara; Araçatuba; Araras; Avaré; Barra Bonita; Botucatu; Descalvado; Jaú; Pederneiras; Piracicaba; Pirassununga; São Carlos; São Manuel e Ribeirão Preto.

Em 2013, Estevão foi contemplado no “Edital de Intercâmbio e Difusão Cultural” do Ministério da Cultura, que em 4 concertos, realizou o Projeto “O violão do Brasil” na Inglaterra.

Na 4° Edição do Projeto, incentivado pelas Empresas Jaguar Plásticos, Usina Della Coletta, Supermercados Jau Serve e refrigerantes XV, em 2014, foram realizadas 167 apresentações e a distribuição gratuita de 25.000 CDs para os alunos,  contemplando as cidades de Avaré, Botucatu, Jaguariúna, Descalvado, Barra Bonita, Pirassununga, Pederneiras, Pedreira,  Bariri, Leme, Lençóis Paulista, São Manuel, São Carlos e Jaú.

Para 2015 esperamos realizar mais 150 apresentações e distribuir um número de 30.000 CDs para os alunos da rede pública.

Para conferir o calendário de apresentações basta visitar o site www.projetointervalao.com.br

Serviço

Projeto Intervalão

Música erudita e história do violão clássico nas escolas públicas  do interior do Estado de São Paulo.

Responsável: Incentivo Certo Produções – www.incentivocerto.com.br 

Apoio: Programa de Ação Cultural  - Governo do Estado de São Paulo (ProAc/ICMS) – www.cultura.sp.gov.br